TERMOMECANICA ENCERRA 1º SEMESTRE DE 2017 COM CRESCIMENTO DE 18% NAS EXPORTAÇÕES

11 de agosto de 2017

A Termomecanica, líder no setor de transformação de metais não ferrosos (cobre e suas ligas), encerrou o primeiro semestre de 2017 com um incremento de 18% em suas exportações, em comparação ao mesmo período de ano passado. O índice tem evoluído acima de dois dígitos anualmente: em 2016, o volume vendido para o mercado externo foi 13% superior ao de 2015. A expectativa é de que a curva mantenha-se ascendente, alcançando um crescimento na ordem de 20%, até o final do ano.

Atualmente o principal mercado consumidor da Termomecanica fora do Brasil são os Estados Unidos, responsáveis por 50% das exportações. Este resultado pode ser atribuído à elevada capacidade técnica conquistada por meio dos investimentos que vem sendo realizados, nos últimos anos, principalmente na modernização dos processos de fabricação e em equipamentos, especialmente na linha de tubos e laminados.

“A aquisição de alguns equipamentos que ainda restavam para concluir o plano de modernização da linha de laminados, por exemplo, nos dá condições de atender algumas características, aplicações e especificações extremamente exigentes, que antes não conseguíamos. Iniciamos esse trabalho de prospecção no final de 2015 e apesar dos resultados já expressivos, as perspectivas são ainda mais promissoras no que diz respeito ao desenvolvimento deste mercado no segundo semestre”, ressalta Marcelo Silva, gerente de exportações da Termomecanica.

As vendas para a América do Sul, em especial a Argentina, também continuam representando uma parcela importante nas exportações, especialmente por conta das operações entre as empresas coligadas. O Centro de Distribuição, localizado naquele País, tem sido crucial para o incremento das vendas, beneficiando tanto os distribuidores, como as vendas diretas. “O fato de estarmos mais próximos dos nossos clientes, nos permitiu aprimorar os serviços e a e agilizar as entregas, ajudando assim nossos clientes a reduzirem os seus estoques. Essa proximidade também nos permite ampliar a oferta de produtos e nos traz uma importante vantagem competitiva frente aos nossos concorrentes”, finaliza.

 

 

Tags: , , ,


Deixe um comentário


Veja também