CPRM LANÇA INFORMES DE RECURSOS MINERAIS

31 de Janeiro de 2018

O Programa de Trabalho da Diretoria de Geologia e Recursos Minerais (DGM) para 2018, prevê a conclusão de diversos projetos que estão sendo desenvolvidos dentro das Ações “Avaliação dos Recursos Minerais do Brasil” e “Levantamento Geológico e de Potencial de Novas Fronteiras.” Esta programado no decorrer do ano o lançamento de vários produtos, incluindo Informes de Recursos Minerais e Notas Explicativas, que apresentam, de forma integrada, o conjunto de informações tratadas durante a execução dos projetos. “Neste mês de janeiro são disponibilizados para a sociedade os Informes de Recursos Minerais dos projetos realizados nas Áreas de Relevante Interesse Mineral (ARIM) Vale do Ribeira e RENCA , e do Projeto Materiais de Construção da Região Metropolitana de Curitiba, que faz parte da área de pesquisa em Rochas e Minerais Industriais”, explica o diretor José Leonardo Silva Andriotti.

O Informe de Recursos Minerais da ARIM RENCA apresenta os resultados do Projeto Integração da Informação Geológica na Reserva Nacional do Cobre e Associados (ARIM RENCA), sob responsabilidade da Superintendência de Belém, desenvolvido em uma área localizada na divisa entre os estados do Pará e Amapá, no norte do Cráton Amazônico, que inclui a área legal da RENCA, instituída através do Decreto 89.404 (24/02/1984).

“Este projeto representou a retomada da atuação da CPRM nesta área que esteve por mais de uma década resguardada de ações governamentais no que diz respeito a estudos geológicos, e espera-se que o conjunto de informações apresentadas nesse Informe sirvam como subsídio técnico a gestores públicos e representantes da sociedade nas discussões a respeito do futuro da RENCA, atualmente vetada, por força de lei, para pesquisa mineral pelo setor privado”, destaca Lúcia Travassos, chefe do Departamento de Geologia da CPRM.

O Projeto Integração de Dados e Reavaliação do Potencial Mineral do Vale do Ribeira (ARIM Vale do Ribeira), desenvolvido pela Superintendência de São Paulo, abrange uma área posicionada nos limites dos estados de São Paulo e Paraná, no contexto do Cinturão Ribeira, onde são reconhecidos depósitos de chumbo, prata, zinco, cobre e ouro, além de importantes ocorrências de barita e fluorita. No Informe de Recursos Minerais da ARIM Vale do Ribeira são enfocados os alvos Lajeado e Rocha, que incluem as mineralizações “tipo Panelas”, onde se localizam as principais ocorrências polimetálicas de Pb-Ag-Zn-Cu-Au e as minas de maior relevância na região.

“Além dos Informes de Recursos Minerais, são disponibilizados para download no GeoSGB mapas temáticos das ARIM RENCA e Vale do Ribeira, que representam o conhecimento geológico atual das regiões estudadas”, informa Lúcia Travassos.

O Informe de Recursos Minerais do Projeto Materiais de Construção da Região Metropolitana de Curitiba contém os resultados de ensaios tecnológicos que permitem avaliar a qualidade e aplicabilidade dos diversos insumos utilizados na construção civil nessa área, e possui ainda um conjunto de mapas temáticos que permitem a avaliação integrada e espacializada de informações, além de uma análise de aspectos sócio-econômicos inerentes à explotação destes insumos.

“A publicação deste produto visa enfatizar o papel da informação geológica como indutora no desenvolvimento do setor mineral no País, além de estimular e atrair investimentos, com efeito na geração de empregos, renda e desenvolvimento social, à luz da sustentabilidade ambiental”, avalia Marcelo Esteves Almeida, chefe Departamento de Recursos Minerais da CPRM.

 

Tags: , , , , ,


Deixe um comentário


Veja também